Literatura Estrangeira

Published on maio 22nd, 2017 | by mundodafreya

0

|Resenha| Em Busca de Abrigo – Jojo Moyes |Livro|

Sinopse – Em Busca de Abrigo

“Sem contato com sua mãe desde que fugiu de casa quando ainda jovem na zona rural da Irlanda, Kate fez um juramento de que seria sempre amiga de sua filha, Sabine.

Mas a vida tem uma maneira engraçada de se repetir, e Kate vê um abismo crescente entre elas. Com Sabine às vésperas de fazer uma jornada de volta à Irlanda para ver sua avó e resgatar seu passado, Kate se pergunta como elas chegaram a essa situação e o que ela pode fazer para mãe e filha se reconectarem.

Para Joy, ver sua neta é a realização de um sonho. Após uma dolorosa separação de sua filha Kate, ela aguarda ansiosamente a chegada de Sabine. Porém, logo após a chegada da neta, a conexão que ela esperava não acontece, diminuindo seu entusiasmo.

E quando o impetuoso temperamento de Sabine força Joy a encarar fantasmas do passado, ela percebe que talvez seja a hora de fechar antigas feridas. A inesquecível história de três gerações de mulheres irlandesas frente às verdades fundamentais de amor, dever e o inquebrável elo que une mães e filhas..”


AUTOR: Jojo Moyes
EDITORA: Bertrand
ANO: 2015
PÁGINAS: 434

Em Busca de Abrigo foi o livro de estreia de Jojo Moyes, iniciando a sua jornada literária com chave de ouro.

O livro retrata três gerações da família Ballantyne: avó (Joy), filha (Kate) e neta (Sabine). No início da história sabemos como tudo começou. Acompanhamos Joy na noite da coroação da Rainha Elizabeth quando encontrou pela primeira vez seu futuro marido.

Logo depois voltamos ao presente, quando conhecemos Sabine e sua relação conturbada com Kate, que não consegue se aproximar da filha e criar vínculos com ela, por mais que tente. Acontecimentos obrigam Sabine a passar as férias na casa da avó, que ela mal conhece e que a mãe já não vê há anos.

O livro não apenas te envolve profundamente com as três personagens, como te faz entender vários pontos de vista da mesma história. Muitas vezes ficamos confusos por não conseguir optar por um lado, já que todos os sentimentos de cada personagem fazem sentido. Mesmo que sejam inadequados algumas horas, são sempre compreensíveis e humanos.

Durante o livro acompanhamos outros personagens secundários, que envolvem a história da família, igualmente cativantes. Vemos também um questionamento sobre o respeito aos mais velhos, e é emocionante ver como a visão de Sabine sobre a sua vó e avô mudam no decorrer do livro, vemos que é possível respeitar e ver o grande valor das gerações anteriores, mesmo que sejam tristemente vistas como incapazes pela nossa sociedade. Esse para mim foi um grande presente do livro, pois é algo que me atinge e entristece.

O livro mostra a complexidade dos relacionamentos, que as pessoas não são simplesmente boas ou más, que muitas vezes tentam fazer o seu melhor e são incompreendidas. Que muitas vezes tem medo e desistem, que muitas vezes escondem seus sentimentos e são má interpretadas. A mesma história pode ser vista de várias formas, e as vezes apenas ouvindo o outro podemos entender atitudes que antes achávamos imperdoáveis.


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑